Nossos Canais  

Data da publicação

Compartilhe:

Educação por direitos: ISER realiza seminário do projeto “Fé no poder que vem das bases”

Nos dias 28 e 29 de junho aconteceu o seminário interno do Fé no poder que vem das bases com o tema “Para pensar o Brasil: Educação e Religião em um país democrático e plural”. Organizado pelo ISER, o primeiro dia de evento contou com a abertura de Clemir Fernandes e participação especial de Regina Novaes e de André Rás Guimarães em um panorama sobre religiões cristãs, cultura, direitos e laicidade no Brasil. À tarde, Magali Cunha, Andrea Silveira e Fabíola Oliveira tiveram  falas transformadoras no painel “O direito à educação: controvérsias atuais para pensar o presente e o futuro do Brasil”. Já no segundo dia, o seminário teve a oficina de combate ao racismo religioso, facilitada por Carolina Rocha. 

O evento reuniu cerca de 50 lideranças, entre católicos, evangélicos e pessoas de plural pertença religiosa. Entre eles, o Amós Santiago, seminarista da Igreja Católica, que segundo ele, viveu uma rica experiência. “Saio com o coração cheio de gratidão, cheio de vontade de continuar na minha liderança na Paróquia e nos trabalhos sociais da minha comunidade religiosa de fé. Toda essa vivência, força e afeto de estarmos juntos, empoderados, lutando pelas causas daqueles que necessitam tanto. Sou muito grato a essa experiência. Apesar de pouco tempo, sinto que vivi muito e agradeço demais ao ISER por todo esse investimento. Quero muito replicar esse conhecimento por onde eu for”, afirma o seminarista.

Bárbara Marthelly, que veio de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, conta que foi uma formação maravilhosa. “Eu participei de outros cursos como o Boto Fé no Clima e do Fé no poder que vem das bases, que se encerra com esse seminário interno maravilhoso. Foram dois dias de muito aprendizado e conhecimento, saio daqui outra pessoa, com o pensamento diferente, pensando novas coisas e melhorando os pensamentos que eu já tinha. Agradeço a todos”, disse. 

O filósofo e teólogo Leandro de Oliveira, viajou de Petrolina, Pernambuco para viver essa experiência. “Quero agradecer a oportunidade de estar com movimentos sociais, ONGs, estudantes e professores. Que possamos levar para as nossas comunidades o que debatemos, aprendemos e ouvimos para que essas comunidades de base possam crescer e espalhar o amor, a alegria e a esperança”, conta o teólogo.

Para a coordenadora do projeto Fé no poder que vem das Bases, Agnes Alencar, o seminário é o grande momento de encontro. “Em 2024 aceitamos o desafio de ampliar nossa área de atuação e abrir a formação e a rede para pessoas de todo país. O encontro promovido para pensar educação permitiu que lideranças de diversas regiões do Brasil se encontrassem e pensassem junto sobre esses desafios a partir da sua experiência e territorialidade. Promover esse tipo de diálogo é uma das marcas do trabalho do ISER e uma das grandes forças deste projeto: construir espaços de conversa e formação de redes entre grupos religiosos distintos comprometidos com a defesa de direitos”, declara Agnes. 

O Fé no poder que vem das Bases, lançado em janeiro de 2021, conecta lideranças cristãs comprometidas com defesa de direitos, promoção de cidadania e defesa da democracia. Além de disponibilizar formações que articulam debates sobre democracia, direitos humanos e questões sociais, o projeto amplia e fortalece redes de cooperação e estimula o diálogo entre organizações católicas, evangélicas e parceiros do campo dos direitos humanos. Desde o seu lançamento, 240 lideranças já foram impactadas pelos seminários ou formações do projeto.