Nossos Canais  

Data da publicação

Compartilhe:

Luta pela justiça climática e Dia Mundial do Meio Ambiente | Boletim #11 2024

Sexta-feira, 07 de Junho de 2024

Olá, tudo bem? 

Você sabe quais são as principais lutas socioambientais da atualidade? 

Nesta edição do Boletim do ISER, inspirada pelo Dia Mundial do Meio Ambiente, contamos um pouco das andanças de nossa equipe levantando a bandeira da justiça climática e do Fé no Clima pelo Brasil e o mundo. Nos últimos dias, participamos do encontro Aquilombar em Brasília, Comitê do Rio G20 no Rio de Janeiro, Encontro de Juventudes e Espiritualidade Libertadora (ENJEL) em Salvador e o Encontro Anual Observatório do Clima em Brasília. 

📩 E mais: Moção recebida na Câmara Municipal do Rio de Janeiro; Homenagem ao Dia do Meio Ambiente na Câmara Municipal do Recife; Monitoramento de projetos de Lei e nova edição da revista Religião e Sociedade.


Cultura, religião e meio ambiente: Encontro Anual Observatório do Clima

O ISER participou do encontro anual do Observatório do Clima, em Brasília, coordenando uma roda de conversa sobre cultura, religião e meio ambiente. O encontro foi mediado pela Diretora Executiva, Ana Carolina Evangelista, e a mesa contou com a participação do José Vitor Gomes dos Santos (Movimento Negro Evangélico), Jaqueline Teixeira (UNB), Thainá Gutierrez (Rede por Adaptação Antirracista) e Selma dos Santos Dealdina Mbaye (CONAQ). O objetivo foi aprofundar o debate nos temas relacionados ao clima, a partir de diferentes perspectivas e refletir sobre as ações a serem realizadas. Durante o encontro, a Jaqueline Teixeira, coordenadora da pesquisa de Cristianismo e Narrativas Climáticas, pelo ISER, apresentou o resultado parcial do estudo, que será lançado oficialmente em breve.

O ISER faz parte da rede do Observatório do Clima desde 2023, e é a primeira vez que se dedica um espaço para discutir as intersecções entre o campo religioso, a pauta ambiental e climática de forma mais ampla. Além disso, ISER vai integrar no GT Congresso, um dos grupos de trabalho do Observatório do Clima, que acompanha as pautas do Congresso Nacional.


Ancestralizar o futuro: II Ato Aquilombar

Lideranças e comunidades quilombolas, organizações da sociedade civil e representantes de governo estiveram em Brasília, no dia 16 de maio, para participarem do II Ato Aquilombar. O ISER esteve presente, representado por sua Diretora Executiva Ana Carolina Evangelista e a Assistente de Projetos Sharah Luciano, da área de Religião e Meio Ambiente. O encontro, organizado pela Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (CONAQ), reuniu mais de três mil pessoas e teve como tema “Ancestralizar o futuro”. Dentre as principais reivindicações do movimento, estão a titulação dos territórios quilombolas e a efetivação das políticas públicas voltadas para essa população.


Encontro de Juventudes e Espiritualidade Libertadora discute territórios do Bem Viver

Na última semana, jovens do ISER marcaram presença na terceira edição do Encontro de Juventudes e Espiritualidade Libertadora (ENJEL). Com o tema “Saberes, sabores e lutas: territórios do bem viver”, o encontro buscou ouvir e dialogar sobre os saberes ancestrais originários partilhados, as experiências de sabedoria e de espiritualidades que orientam as lutas e causas atuais como caminho de integração das dimensões sociopolítica, econômica, ambiental, espiritual e relacional. O ISER esteve representado por Agnes Alencar, coordenadora do Fé no Poder que Vem das Bases, Luciana Petersen, coordenadora de comunicação e Paulo Sampaio, articulador do Fé no Clima.


Fé no Clima na “Conferência de Mudança Climática da ONU (SB 60)”

Nos últimos dias, por meio da Isabel Pereira, coordenadora do Fé no Clima, o ISER esteve em Bonn, Alemanha, para importantes reuniões da agenda climática mundial. Participamos das reuniões de negociação sobre a Plataforma para Comunidades Locais e Povos Indígenas, em que os países representados demandaram traduções e acessibilidade de documentos e reuniões. Nas negociações sobre Metas de adaptação climática global, representantes demandaram que indicadores técnicos sejam estabelecidos para que os avanços nas políticas de adaptação climática sejam melhor mensurados. Acompanhamos também eventos sobre como a crise climática afeta crianças e jovens e a necessidade de que esses grupos façam parte das decisões da agenda climática. Outros temas acompanhados foram financiamento e debate sobre construção de Planos Nacionais de Adaptação.


ISER no encontro do Comitê Rio G20

O ISER participou do encontro do Comitê Rio G20, que reuniu organizações da sociedade civil do Rio de Janeiro com objetivo de trazer diálogos e engajamento da sociedade. Durante o encontro, o ISER convidou as organizações presentes para somarem conosco na construção da Vigília Interreligiosa, que acontecerá em novembro de 2024, em paralelo ao G20. No encontro fomos representados por Sharah Luciano, pelo Fé no Clima, e por Clemir Fernandes, diretor adjunto do ISER.
 


Fé no Clima: Homenagem ao Dia do Meio Ambiente

O ISER participou da Reunião Solene em Homenagem ao Dia do Meio Ambiente, no dia 5 de junho, por meio da iniciativa Fé no Clima, no Plenário da Casa José Mariano, na Câmara Municipal do Recife. O encontro celebrou a relevância dessa pauta e das pessoas que contribuem para a preservação do meio ambiente. Paulo Sampaio, da Equipe de Religião e Meio Ambiente foi nosso representante na reunião.

O Dia Mundial do Meio Ambiente é uma iniciativa global que visa conscientizar a população sobre a importância de preservar os recursos naturais e promover ações que contribuam com a sustentabilidade ambiental.


Retração de direitos: Criminalização de movimentos sociais na agenda da Câmara Federal

Desde 2023, o monitoramento do Projetos de Lei do ISER identificou 33 propostas que buscam criminalizar movimentos sociais ligados às causas de reforma agrária, reforma urbana, direito à moradia e demarcação de terras indígenas e quilombolas. Em abril de 2024, a Câmara aprovou um projeto de lei do deputado Marcos Pollon, do PL do Mato Grosso do Sul, que tem como proposta tentar impedir ou suspender o acesso a programas sociais para pessoas que ocupam terras, tratando-as como invasores.  

Essas ações buscam enfraquecer e desmoralizar a luta de diversos movimentos sociais, lideranças religiosas e quilombolas. Em uma sociedade que carece de direitos, como o acesso à terra, à moradia e alimentação, é preciso estar atento em projetos que podem resultar em mais desigualdade. 

Direitos do idoso, causa animal e bullying: Destaques do monitoramento de Projetos de Lei na Câmara dos Deputados

No mês de abril, nosso monitoramento analisou diversos Projetos de Lei (PLs) protocolados na Câmara Federal, enquadrados nos critérios definidos para este projeto pelo ISER. Ganha destaque, mais uma vez, a apresentação de pautas de grande repercussão no noticiário nacional e/ou por debates em mídias sociais. Entre os projetos, chamam a atenção três casos amplamente divulgados na mídia: (1) O popularmente denominado “Tio Paulo”, ocorrido em uma agência bancária, no Rio de Janeiro, em que uma mulher é acusada de levar o cadáver de seu tio para retirar um empréstimo; (2) O chamado “Caso Joca”, cachorro da raça golden retriever, que morreu devido às falhas no transporte aéreo; (3) A morte de um adolescente de 13 anos, Carlos Teixeira, em decorrência de bullying com violência física, em uma escola na cidade de Praia Grande, em São Paulo. 


Moção Honrosa ao ISER: Reconhecimento em ato público na Câmara Municipal do Rio de Janeiro

No dia 24 de maio, o ISER recebeu uma moção de louvor e reconhecimento em ato público na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, através do mandato da vereadora Luciana Boiteux (PSOL). O ato homenageou organizações, movimentos sociais e grupos de pesquisa com atuação no campo da política de drogas em suas diversas interfaces, como encarceramento, saúde pública e cultura. A moção atribui reconhecimento e relevância ao trabalho realizado pelo ISER, destacando a produção de conhecimento qualificado, a incidência no debate público e a articulação social com ênfase na religião, a favor de uma sociedade justa, inclusiva e sustentável, tendo a luta pelo desencarceramento e o antiproibicionismo como um dos seus alicerces. Na ocasião o ISER foi representado por Lucas Matos, coordenador da Equipe de Sistema de Direitos e Justiça, junto com Késsia Gomes e Erivelto Melchiades, ambos da mesma equipe, além de Isabel Pereira e Clemir Fernandes. 


Religião e Sociedade: Dossiê sobre as Ciências Sociais da Religião através das histórias de três pesquisadoras – Uma homenagem

O Dossiê “Olhares sobre as Ciências Sociais da Religião através das histórias de três pesquisadoras – Uma Homenagem”, que integra o novo número da revista Religião & Sociedade, traz oito artigos que abordam as contribuições acadêmicas de Cecília Mariz, Patricia Birman e Marcia Contins, oferecendo uma reflexão sobre as transformações tanto do campo religioso brasileiro quanto das ciências sociais da religião, entrelaçadas ao longo do pensamento e trajetória dessas pesquisadoras.

O Dossiê reúne textos assinados por Maria das Dores Campos Machado, Silvia Fernandes, Patricia Birman, Marcia Leite, Carly Machado, Regina Novaes, Joana Bahia e Edlaine de Campos Gomes. 


Para receber o boletim quinzenalmente no seu e-mail, cadastre-se aqui!