Atuação  

Esquerda evangélica nas eleições 2020

Esta pesquisa tem por objetivo analisar estratégias político-partidárias, alianças e narrativas de candidaturas evangélicas de esquerda nas eleições municipais 2020 em oito capitais brasileiras para o Legislativo e Executivo. Nosso foco inicial recai sobre os seguintes casos: movimento Bancada Evangélica Popular, Cristãos contra o Fascismo e movimento Plural. No entanto, intercalando metodologias quantitativas e qualitativas, será criada uma base de dados sobre as candidaturas religiosas a partir das informações divulgadas pelo TSE que nos permitirão fazer inferências sobre um campo mais geral das candidaturas evangélicas e católicas e afro-brasileiras de esquerda nestas eleições. Paralelamente a produção deste banco de candidaturas será realizado o acompanhamento de notícias na imprensa e da propaganda eleitoral na televisão e nas redes sociais. O mapeamento e as análises estarão disponíveis na plataforma Religião e Poder.

Objetivos: Analisar estratégias, narrativas e alianças político-partidárias de evangélicos de esquerda nas eleições 2020 com vistas a contribuir com o debate público sobre o exercício da democracia no Brasil.

Locais de incidência

Nacional

categorias

‎ Religião & Espaço Público

equipe

Coordenadora: Christina Vital da Cunha | Equipe: João Luiz Moura, Magali Cunha, Gabrielle Abreu e Matheus Pestana

Compartilhe

Assuntos relacionados

O tamanho institucional da Religião no Censo do IBGE

O número de estabelecimentos religiosos existentes no Brasil é um dado do atual Censo do IBGE (2022) apresentado no começo de fevereiro e que causou várias reflexões e reações – até por ser uma novidade censitária.  Como essa informação foi mostrada junto aos dados de outras instituições como escolas, hospitais/centros